sábado, 27 de novembro de 2010

A veracidade do ossário de Tiago, irmão de Jesus

Logo que foi anunciada sua descoberta, a grande mídia brasileira passou a insinuar, com grande ênfase, que o pretenso ossário de Tiago, irmão de Jesus, tinha inscrição falsa. Clique aqui, para verificar. Agora a Justiça israelesse acabou de reconhecer definitivamente sua veracidade. Clique aqui, para melhor se informar. Por que, então, essa mesma grande mídia não divulgou essa informação? Em um país de população cuja maioria absoluta das pessoas se declara cristã não seria importante a divulgação dessa notícia? Por que não divulgaram a veracidade da inscrição do suposto ossário de Tiago, irmão de Jesus, com o mesmo ímpeto com que divulgaram sua possível falsidade? Fica a pergunta, principalmente para a Folha de S. Paulo.

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

terça-feira, 14 de setembro de 2010

Usuários de Office 2003 perdem acesso a seus documentos

Li uma notícia há alguns minutos, e consegui parar de rir só agora, para vir aqui escrever este texto… Sempre alerto em minhas palestras, que a utilização de formatos proprietários de documentos podem levar a humanidade a perder de vez suas informações, além de permitir “modelos de negócios” um tanto quanto questionáveis (como pague-para-ler seu próprio documento). É evidente que muita gente deve ter levado isso como um exagero da minha parte, mas a prova de que eu tinha razão chegou na semana passada. De acordo com este artigo, confirmado por este comunicado, aparentemente da própria Microsoft (TechNet), desde o dia 11 de Dezembro os usuários do Office 2003 perderam acesso a seus próprios documentos que foram gravados com recursos de proteção de direitos… Em outras palavras, as informações ali armazenadas estão, por enquanto, perdidas ! Para quem não quer correr este risco, recomendo a utilização de ODF com uma suíte de escritório em Software Livre, como o BrOffice.org. Para os demais, sugiro começar a pular desde já, para ver se São Longuinho os ajuda depois a encontrar as informações perdidas.

Fonte: http://www.trezentos.blog.br/?p=3729

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

TERRY JONES, ALCORÃO E OS EVANGÉLICOS CONSERVADORES DOS ESTADOS UNIDOS

"Ontem à noite, ao comentar no Jornal da Globo a ideia bizarra de um pastor norte-americano, chamado Terry Jones, de queimar 200 exemplares do Alcorão no dia 11 de setembro por ocasião do aniversário de 9 anos dos atentados terroristas que ceifaram a vida de cerca de 3 mil pessoas, o comentarista Arnaldo Jabor, da TV Globo, afirmou a mentira de que Jones representa o “fundamentalismo evangélico” e ainda que seria “um braço incendiário do Partido Republicano”. (Leia o artigo completo no CPAD NEWS)
http://www.cpadnews.com.br/blog/silasdaniel/

terça-feira, 6 de julho de 2010

O parlamento europeu e o Criacionismo

Caros amigos,

O parlamento europeu emitiu uma resolução em que considerou o ensino do Criacionismo como um atentando aos direitos humanos. Veja aqui .

Ao ler isso, confesso que não sabia se ria, ou se ficava pasmado ou totalmente indiferente.

Ao que me parece, isso é resultado de um inconsciente afloramento de um oculto ódio ao Cristianismo ou, então, uma demonstração de um cego fanatismo materialista dogmático, cultivado por alguns pretensos intelectuais ateus.

Deus nos guarde de sermos envenenados por essa gente insensata, que procura de todas as formas, legítimas e ilegítimas, fazer prevalecer uma teoria - que nem teoria é na verdade, é uma idéia-, como um fato científico, mas sem ter a seu favor uma evidência incontestável disso.

A teoria evolucionista é uma visão de mundo, fundada no puro materialismo, no qual a existência da divindade está totalmente descartada. Assim, sendo em sua natureza uma posição filosófica interpretativa a respeito da Criação, não pode ser considerada como puro conhecimento científico.

Ocorre que os evolucionistas não têm como provar a veracidade empírica de sua teoria, mesmo depois de 150 anos de sua elaboração. Com as novas descobertas vindas das pesquisas de campo, principalmente da Genética, que não confirmam suas crenças, está-lhes batendo o desespero de verem a doutrina criacionista voltar ao lugar de onde nunca deveria ter saído.

Mas, para tristeza deles, em breve veremos isso.